segunda-feira, 20 de maio de 2019

Ética e Política: Kant, Mill e Rawls




Os valores: objetivismo, subjetivismo e relativismo


A necessidade de fundamentação da moral:  análise comparativa de duas perspectivas

A ética deontológica de Kant (apresentação) - Esta apresentação deve ser explorada conjuntamente com a seguinte: Os dilemas do agulheiro e do cirurgião

As teorias éticas de Kant e Suart Mill

A ética deontológica de Kant

A ética de Kant: uma moral do dever

A ética deontológica de Kant - Ficha formativa (Ficha valores éticos 03)

A diferença entre Imperativo Categórico e imperativo(s) hipotético(s) 

A dignidade da Pessoa segundo Kant

Segundo Kant, por que razão a moralidade é imposta a cada ser humano de forma categórica?

Kant: qual o critério de moralidade?


Críticas (objeções) à ética deontológica de Kant


A ética utilitarista (teleológica / consequencialista) de Stuart Mill

Stuart Mill: qual o critério de moralidade?

Críticas (objeções) ao Utilitarismo


Kant e Stuart Mill - Questões de exame
Da Ética à Política: a Teoria da Justiça de Rawls


A Teoria da Justiça de Rawls

A Teoria de Rawls e a Teoria Utilitarista


A teoria da justiça de Rawls e a teoria ética deontológica de Kant

Críticas (objeções) à Teoria de Rawls


Crítica de Michael Sandel a Rawls

Teste Global - 10º Ano - Matriz


domingo, 2 de dezembro de 2018

Matriz teste 2 (10º ano)

Filosofia - 10º ano
(10A1; 10C3; 10L2)

Nota: neste teste é obrigatório o uso de folha de teste.
Seja original e crítico nas suas respostas.
O teste terá a duração de 90 minutos.


Esclarecimento de dúvidas por email - clicar aqui.
(até 24 horas antes do teste - deve indicar o nome, nº. e turma)


Conteúdos:

1. Abordagem introdutória à filosofia e ao filosofar.
1.1.1. O que é a filosofia?
1.1.3. A alegoria da caverna.
1.1.6.1. A filosofia como uma atividade crítica.
1.1.6.2. A filosofia como um saber problematizante.
1.1.6.3. A especificidade das questões filosóficas.

1.2. Quais são as questões da filosofia?
1.2.1. Os diversos tipos de questão.
1.2.1.1. As características das questões filosóficas: a) respostas abertas ao questionamento (as questões filosóficas nunca têm uma resposta unívoca; b) universalidade; c) abstração.
1.2.1.3. As principais características da filosofia: radicalidade, autonomia, historicidade e universalidade.
1.3. A dimensão discursiva do trabalho filosófico.
1.3.1. Os elementos lógicos do pensamento: o conceito, a proposição e o argumento.
1.3.2. A estrutura dos argumentos: as premissas e a conclusão.
1.3.2. 1. Os identificadores de premissa e de conclusão.
1.2.3. A validade e a verdade.
1.2.4. Os princípios lógicos da razão.
1.2.5. As quatro formas lógicas: os quatro tipos de proposição A,E,I e O.
1.2.6. O quadrado lógico da oposição.
1.2.7. As regras da oposição.
1.2.8. Os diversos tipos de argumento (dedução, indução, analogia e autoridade).
1.2.5. Critérios para analisar a solidez dos argumentos.

Conceitos:

Autonomia    Atitude Filosófica    Alegoria
Argumento (Raciocínio)
Abstração
Conceito
Crítica     Conclusão
Especificidade   (especificidade da Filosofia)
Filosofia
Historicidade      Heteronomia
Contradição   Contraditoriedade (das proposições)
Julgar (Juízo)
Pensar Proposição  Premissa
Problema      Questão    (os diversos tipos de questão)    (as questões filosóficas)
Radicalidade        Reflexão      Senso Comum
Universalidade
Subalternidade (das proposições)
Tese
Validade   Verdade

Objectivos:

1. Caracterizar a filosofia como uma busca da verdade;
2. Caracterizar a filosofia a partir das suas principais características (radicalidade; autonomia; historicidade e universalidade);
3. Explicar a alegoria da caverna; (O texto da alegoria da caverna + vídeo). (Apresentação sobre a alegoria da caverna e o senso comum).
4. Definir o conceito de problema;
5. Identificar os diversos tipos de questão utilizados na Filosofia;
6. Distinguir as questões filosóficas dos outros tipos de questão;
7. Definir a razão.
8. Explicitar os princípios lógicos da razão (Identidade, Não-contradição e Terceiro Excluído).
9. Compreender a importância do princípio da razão suficiente.
10. Compreender a função dos conceitos na sistematização do pensamento.
11. Definir conceitos.
12. Reconhecer a proposição como uma relação entre conceitos (juízo) com uma referência à realidade (as proposições são frases declarativas).
13. Compreender que os argumentos são raciocínios que articulam proposições com o objetivo de chegar a uma conclusão (justificar uma tese).
14. Distinguir validade e verdade.
15. Reconhecer que a validade é uma característica dos argumentos e que a verdade é uma características das proposições.
16. Identificar os diversos tipos de proposição: A, E I e O.
17. Reduzir frases declarativas à forma normal.
18. Compreender a oposição entre proposições no quadrado lógico.
19. Aplicar as regras da oposição.
20. Identificar os diversos tipos de argumento (dedução, indução, analogia e autoridade).
21. Analisar a consistência de argumentos.
22. Posicionar-se criticamente perante teses (opiniões) e argumentos;
23. Interpretar textos filosóficos;
24. Construir argumentações sólidas.

Recursos:

Documentos distribuídos nas aulas

Como estruturar um texto argumentativo

Noções Básicas de Lógica 
(Apresentação - contém a matéria de Lógica dada até ao momento, incluindo o quadrado lógico da oposição e as regras da oposição).

10º Ano - Recursos



Estrutura do teste:

Grupo I - 10 questões de escolha múltipla. (10 x 5 = 50 pontos).
       
Grupo II - 4 questões de resposta orientada. (100 pontos).



Grupo III - 1 questão de desenvolvimento. (50 pontos).